O Movimento Zeitgeist: Resposta a ocupação de Wall Street.


Em 17 de setembro de 2011, uma expressão de desprezo sustentada pelo povo foi lançada no coração do centro financeiro mundial,  na cidade de Nova York – baixa Manhatan –  também conhecida no mundo como a instituição de “Wall Street”.

Em 26 de setembro ocorreram mais de 80 prisões,  e diversas ocorrências filmadas do que parecia ser violência e abuso vindo por parte da polícia e de forças de segurança ali localizadas, entretanto os manifestantes se mantem vigilantes no que poderia ser muito bem um evento marcante que virá a ressoar por algum tempo no futuro próximo.

O Movimento Zeitgeist gostaria de extender seu apoio público a esse direito de expressão básico.

Como o mundo vem aos poucos tomando consciência de um sistema financeiro desmoronando com crescentes protestos civis emergindo sem o viés da soberania, religião ou lealdade política, uma nova e unificante perspectiva está de forma lenta tomando seu espaço, que transcende a moldura que muitos de nós falsamente assumimos de forma empírica ser nosso modo de vida. Com o lento triturar da força de trabalho global, enquanto a mecanização continua a substituir trabalho humano para benefício da eficiência dos custos corporativos, simultaneamente reduzindo o poder de compra e de tal forma inevitavelmente sufocando o assim chamado “crescimento econômico”; Com a sempre expansiva crise de débido nascida do sistema de empréstimo fracionário e a simples realidade de que dinheiro é criado a partir de débito e vendido como uma mercadoria em troca de juros – juros que só podem ser pagos com novas vendas de empréstimos; com investimentos em  programas militares cada vez maiores em praticamente todas as grandes potências assim como as crises financeiras, juntamente com uma crise energética de hidrocarbonetos , começam a sugerir um estágio de conflito global, nunca antes visto, junto com a psicologia do mercado de consumo do crescimento infinito que continua a impregnar e distorcer os nosso valores e o que significa viver em harmonia em um planeta com recursos finitos.

Este deve ser o momento em que nós começamos a ver que esses problemas sociais que temos em mãos não são específicos de nenhuma política geral, administrativa ou até mesmo da assim chamada “ganancia corporativa”. O Problema real que temos em mãos é sistemática por meio de nossas fundações mais centrais sobre o que define nosso sistema econômico e a psicologia que é apoiada e recompensada.

A ilusão histórica que continua até os dias de hoje é que alguém, ou algum grupo, é explicitamente culpado. Ao invés de focarmos em 400 pessoas que tem mais riquezas que 150 milhões de pessoas na américa, ou ao fato de que globalmente 1% da população possui mais riqueza que 40%, vamos nos questionar como esse tipo de manifestação é possível e, de forma ainda mais critica, por que deveríamos esperar menos do que isso? Pense nisso.

Anúncios

Sobre tremyen

Sou um milhonário exótico que curte falar besteiras pela internet.

Publicado em 20/10/2011, em Para Seres Humanos, Politica, Revolta Total, Tudão. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: