Resposta ao Ouvinte do Podtrash Álvaro Santos Jr.


Oi Alvaro.

Parabéns pelo seu curso de graduação, e sua profissão. Admiro quem vive exclusivamente de cinema. Você poderia nos informar em quantos filmes, e quais filmes são esses em que trabalhou? Gostaria de assisti-los.

Obrigado pelo elogio sobre o bom humor. Nosso podcast é dedicado a filmes que consideramos cultura de massa (e não filmes de arte), com bom humor. Se você encontrou bom humor é sinal que estamos fazendo direito nosso trabalho.

Realmente não sou um especialista, sou apenas uma pessoa que vê filmes e fala o que pensa sobre eles. Se você procura uma opinião mais embasada sobre qualquer assunto (entre eles a arte do cinema novo) você deveria pedir a opinião de seus professores, ou críticos de arte, o que – definitivamente – não é o meu caso.

Você não deveria se irritar com opiniões contrárias a sua, pois vivemos em uma Democracia. Muito mais polêmica surgirá nos episódios a seguir (ainda sobre Mojica) e se você for se irritar, é melhor para de escutar por aqui. Nosso objetivo final é a diversão. Se você não se divertiu, nós inadvertidamente erramos.

Com relação a minhas opiniões sobre o cinema novo aqui vão elas, por escrito para que fique bem claro o que pretendo dizer:

1. O Cinema novo copiava descaradamente os movimentos do “Neo-realismo” italiano e a “Nouvelle Vague” francesa, sendo assim não é verdadeiramente Brasileiro.

2. Foi sucesso no exterior apenas e justamente por copiar as suas estéticas.

3. Era um fracasso retumbante de bilheteria no Brasil.

4. Foi responsável direto pela baixa qualidade do cinema nacional pois alem de fracasso de publico, a baixa qualidade de áudio e vídeo – até hoje discutida – é fruto direto da célebre frase de Glauber Rocha: “Uma idéia na cabeça e uma câmera na mão”, que tinha a melhor das intenções mas se tornou uma desculpa para a má produção.

5. São filmes (mais uma vez na minha modesta opinião) que só são superados em sua enorme chatice por sua imensa pretensão. Um bando de garotos pretensiosos tentando fazer uma arte que não conheciam sobre assuntos que não dominavam.

Para finalizar, se o Cinema Novo é o máximo que nossa intelectualidade pode produzir, meu deus, estamos perdidos.

Abraços,
E continue a ouvir nosso Podtrash.

Anúncios

Sobre tremyen

Sou um milhonário exótico que curte falar besteiras pela internet.

Publicado em 01/08/2011, em Cinema, Para Seres Humanos, Que Maneiro!, Tudão e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: